Ao realizarmos um ultrassom de rotina com 13 semanas de gestação percebeu-se que o nosso filho Guilherme tinha os membros inferiores e superiores menores que o tamanho normal. Com 24 semanas, o resultado de um exame genético confirmou que o nosso filho tem uma má formação esquelética conhecida como Displasia Diastrófica (Diastrophic Dysplasia), que é um tipo raro de nanismo. Criamos este blog para compartilhar nossas experiências, ajudar outros pais na mesma situação e para mostrar o quanto ele alegra a nossa família.

domingo, 2 de maio de 2010

Carnaval nos avós!

No dia 12 de fevereiro de 2010 fomos para Carazinho passar o Carnaval junto com os avós do Guilherme. Foi o primeiro passeio dele nas casas dos avós. Foram dias bem tranquilos para nós, em que todos tivemos a oportunidade de descansar um pouco. O Guilherme se comportou muito bem, interagindo e sorrindo bastante.

No bebê-conforto durante a viagem para Carazinho.

Com a vó Salete.

Com os dindos Djonatan e Geisa.

Com o vô Paulo (na pressa para pegar esse sorrisão cortamos o vô).

Com a vó Regina.

Com o dindo Cris (olha a cara de sapeca).

Além disso, dormiu 6 horas seguidas durante a primeira noite, sem acordar para mamar. Isso foi uma novidade para nós, pois ele era um relógio em Santa Maria, acordando de 3 em 3 horas durante a noite. Achamos que era cansaço da viagem, mas isso se repetiu durante as outras noites, chegando a dormir quase 7 horas seguidas. Nos empolgamos, mas na última noite antes de voltarmos para Santa Maria ele voltou ao seu ritmo normal, acordando seguidamente para mamar. Para nosso alívio, atualmente, ele acorda somente uma vez durante a madrugada para mamar.

2 comentários:

  1. Ana, joney e Laura2 de maio de 2010 22:02

    Oi Andréia, Cassi e Guilherme.Nossa como ele ta lindo, percebe-se no sorriso dele como está feliz em ter chegado em uma família como a de vocês.Agora vo acompanhar para ver ele, e entender melhor porque a vovó e o vovô babam tanto.Beijos a vocês

    ResponderExcluir
  2. Olá papais! Que lindo o Guilherme, parabéns!
    Sou irmã da Tatiane e titia da Maria Eduarda, que tb tem displasia diastrófica.

    assim como minha irmã gostaria de manter contato com vocês, para ver a evolução de nossos anjinhos. A Dudinha é tudo nas nossas vidas junto com o irmão João Lucas, vamos nos falando...Beijos Cintia.

    ResponderExcluir