Ao realizarmos um ultrassom de rotina com 13 semanas de gestação percebeu-se que o nosso filho Guilherme tinha os membros inferiores e superiores menores que o tamanho normal. Com 24 semanas, o resultado de um exame genético confirmou que o nosso filho tem uma má formação esquelética conhecida como Displasia Diastrófica (Diastrophic Dysplasia), que é um tipo raro de nanismo. Criamos este blog para compartilhar nossas experiências, ajudar outros pais na mesma situação e para mostrar o quanto ele alegra a nossa família.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Segundo cancelamento da cirurgia do palato

No dia 24 de março estava previsto para o Gui fazer a cirurgia para correção do palato. No entanto, a tosse que ele estava apresentando só piorou. Fizemos nebulizações, fisioterapia respiratória, mas não teve jeito. Três dias antes de viajarmos fomos na pneumologista e na pediatra, mas o Gui começou a ter febre na sala de espera do consultório. Essa foi a gota d’água e assim tivemos que novamente cancelar a cirurgia. Tivemos que nos conformar, pois ainda não seria dessa vez que ele faria a cirurgia.

No vídeo abaixo vocês podem conferir o Gui brincando de carrinho e imitando seu barulho... e tossindo!!!


video

segunda-feira, 23 de maio de 2011

É menino mesmo!

Uma das brincadeiras preferidas do Gui é brincar com bolas. Ele faz a maior festa... joga elas do cercadinho, chuta a bola sentado, chuta em pé, arremessa com a maior precisão, joga ela para o papai rebater com a raquete de tênis.

No final do dia, os pais têm que recolher todas as bolas espalhadas pela casa (e não são poucas) e guardá-las para no outro dia o Gui fazer toda a bagunça de novo!!!





video

video

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Um dia de passeio!

No início de março, fomos almoçar no restaurante Val de Buia, que fica localizado na Quarta Colônia, uma região de colonização italiana que fica perto de Santa Maria.

O dia estava lindo e o Gui aproveitou muito bem o passeio, brincou no balanço, no gramado e se divertiu com os papais, com o tio Marco, a tia Cris e o amigão Gabi.





domingo, 1 de maio de 2011

Dor de garganta

No final de fevereiro o Gui começou a ter febre, medicamos ele, mas como não melhorou levamos ele na sua pediatra. A Dra. Maria Clara constatou que ele estava com um fungo na garganta. O Gui respondeu bem ao tratamento e ele passou a se alimentar melhor. Mas, em seguida, começou a apresentar tosse com secreção.