Ao realizarmos um ultrassom de rotina com 13 semanas de gestação percebeu-se que o nosso filho Guilherme tinha os membros inferiores e superiores menores que o tamanho normal. Com 24 semanas, o resultado de um exame genético confirmou que o nosso filho tem uma má formação esquelética conhecida como Displasia Diastrófica (Diastrophic Dysplasia), que é um tipo raro de nanismo. Criamos este blog para compartilhar nossas experiências, ajudar outros pais na mesma situação e para mostrar o quanto ele alegra a nossa família.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Comendo sozinho!

Em julho o Guilherme começou a segurar a colher e comer sozinho! Por ele ter os braços menores isso dificultava um pouco, mas agora ele está conseguindo. E a cada dia que passa ficamos mais felizes por ver que ele está conseguindo superar suas dificuldades e aos poucos está alcançando sua autonomia.

video

Embora ele tenha conseguido comer sozinho ele também está bem preguiçoso... ele sabe que é mais fácil comer quando a mamãe dá comidinha para ele!!!

4 comentários:

  1. How old was Guil when he started doing this? I keep forgetting when he was born. Maddy is just 12 months and feeding herself finger foods but is not very confident with a spoon yet. I know she'll get there though :)

    ResponderExcluir
  2. Olha.... me deu uma vontade de apertar!!!!!
    Que lindo esse nosso garotão!!!! É mto incentivador, gratificante, ver toda essa superação!!!! Parabéns Guii!!!!! E parabéns aos papais que sempreeee estão o incentivando!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Conheci o Guilherme ontem, através de uma pesquisa no google, nem me recordo o assunto da pesquisa, mas me interessei pela história de vida deste garotinho encantador. E depois de chegar até a última página do blog percebi que eu e o Gui somos conterrêneos, que legal! Bom, parabenizo vocês pelo filhote lindo que vocês tem...
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna,

    ficamos felizes que você encontrou o blog do nosso filho!
    Então você também é de Santa Maria??? que mundo pequeno hein?

    abraços da mãe do pequeno gigante.

    ResponderExcluir